Voltar

Como ter sucesso numa loja online: 8 dicas infalíveis

As compras online são um hábito cada vez comum entre os consumidores. Apesar de já ser uma tendência, a pandemia covid-19 realçou ainda mais esta realidade. Os negócios que vendiam única e exclusivamente através de pontos de venda físicos, tiveram de se reinventar e apostar no comércio eletrónico como meio de sobrevivência na crise instalada.

Aqueles que não tiveram esta capacidade de adaptação, viram-se obrigados a fechar portas por não terem recursos para aguentar os confinamentos aos quais foram sujeitos. A verdade é que o comércio online sempre foi uma mais valia, simplesmente passou a ser devidamente valorizado e reconhecido nos últimos anos, até porque apresenta várias vantagens face aos pontos de venda físicos.

Assim, nos dias que correm, é fundamental para qualquer negócio ter uma loja online e estar presente neste ambiente digital, caso contrário estará a perder inúmeras oportunidades. Mas sabe como tirar o máximo partido da sua loja online? Neste artigo, são apresentadas 8 dicas infalíveis que vão potencializar o seu negócio online.

1. Ser ativo nas redes sociais

Tratando-se de uma loja online, é obrigatório ter uma estratégia de marketing digital e a presença nestas plataformas digitais é um dos passos que engloba. Além de meio de interação e comunicação com os clientes, as redes sociais atuam como meio de divulgação do negócio, atraindo clientes para a loja online. Por isso, ter uma forte presença nas ferramentas mais utilizadas, como o Facebook e o Instagram, irá garantir-lhe a captação de novos clientes. Mas não basta ter uma conta nestas redes sociais, tem de ser ativo e publicar conteúdos diariamente.

Se as pessoas tomam a liberdade de seguir o seu negócio é porque estão interessadas e querem ver mais da marca, por isso, tire o máximo partido destas plataformas e estimule a interação com o público. Alguns exemplos de conteúdos, para além dos artigos que vende, podem ser dicas, testemunhos de outros clientes, mostrar o behind the scenes do negócio, DIY (do it yourself), listas e muito mais. É de salientar ainda a importância destas plataformas digitais para o social commerce, ou seja, agregar o e-commerce às redes sociais através da Loja do Facebook e do Instagram que, por sua vez, direcionam para o website da marca.

2. Ter um bom apoio ao cliente

O cliente gosta de sentir que tem algum tipo de apoio caso haja algum problema. Desta forma, sente-se mais seguro em finalizar a compra online e voltar se a experiência for positiva. Assim, ter um chat de apoio ao cliente na loja online é uma solução eficaz, tal como um chatbot ou, caso o orçamento seja mais baixo, integrar o Messenger da sua página profissional do Facebook ou o WhatsApp Business para que consiga responder às questões dos clientes quando estiver online. Um bom serviço de apoio ao cliente fará com que ele a partilhe a experiência com outras pessoas.

3. Ter uma política de trocas e devoluções facilitada

Proporcionar uma boa experiência pós-compra é essencial para que o cliente não se sinta de certa forma abandonado depois da realização da compra. Neste sentido, ter uma abordagem omnicanal faz toda a diferença.

Como o cliente está cada vez mais exigente, ele quer ter toda a flexibilidade em conseguir comprar numa loja online e devolver o artigo numa loja física sem qualquer problema, proporcionando a mesma experiência de compra e pós-compra independentemente do canal utilizado. Na ausência de uma loja física, o ideal é ter pontos de recolha físicos onde o cliente possa deixar o artigo. A par do que acontece na dica 2, ao prestar uma experiência de devolução positiva estimula o word of mouth ou boca a boca.

4. Disponibilizar vários métodos de pagamento

Os meios de pagamento disponíveis são um aspeto decisivo no momento de finalização da venda. Se o cliente chega ao momento de pagar e não tem a opção que mais lhe convém, perderá a venda e não voltará. Visa, Mastercard, American Express, PayPal e a geração de referências multibanco são algumas opções que deve considerar em incluir no seu e-commerce.

5. Acompanhar a evolução do negócio

Um programa de faturação – POS Cloudware – que apoie as tarefas de gestão do negócio é crucial para que a sua loja online tenha sucesso. Além do POS Cloudware integrar com as plataformas de e-commerce mais utilizadas do mercado de forma rápida e fácil, nomeadamente a Shopify, a Shopkit e o WooCommerce, permite trabalhar com vários pontos de venda associados a uma única conta, no caso da existência de loja(s) física(s) e online. Deste modo, é possível fazer uma distinção clara para efeitos de comparação entre os dois canais e obter relatórios por loja, acompanhar a evolução das vendas, identificar os artigos mais vendidos em cada meio e, consoante essas informações, tomar as melhores decisões para o seu negócio. Por cada loja no sistema é feita a respetiva personalização, configuração e atualização dos stocks.

6. Funcionar bem no telemóvel

A sociedade está constantemente conectada e online. Sendo o smartphone um aparelho que faz parte do dia a dia dos indivíduos, surge a necessidade de priorizar o bom funcionamento da loja online no telemóvel. Este ponto é fundamental para o seu sucesso, uma vez que a primeira interação com a loja é feita por esta via. Como tal, a usabilidade e navegabilidade na sua loja online deve corresponder às expectativas dos clientes.

7. Estar atento às métricas do website

Quantas pessoas acedem ao seu e-commerce, quais as páginas mais visitadas, quanto tempo permanecem no seu website, quantas páginas visitam, qual a naturalidade e nacionalidade dos visitantes, quais os dispositivos mais utilizados para aceder à loja online, quais os clientes que regressam e os novos visitantes são apenas algumas métricas que podem ajudá-lo a identificar possíveis erros de usabilidade ou a definir melhor a estratégia a seguir. Estes dados são obtidos através do Google Analytics e devem ser alvo de vigilância regular, só assim é possível agir e tomar decisões no momento certo.

8. Tirar partido do e-mail marketing

Por último, destaca-se este importantíssimo canal de comunicação, pois permite o contacto direto com clientes e pessoas que têm verdadeiramente interesse nos seus produtos. Por isso, faça-os sentirem-se especiais. Envie descontos exclusivos, novidades, newsletters, entre outros. Esta ferramenta continua a ser das mais poderosas ao nível das vendas.